Domingo, 22 de Novembro de 2009

J04 [C] Bº JANEIRO

Última actualização: 26.11.2009

Ainda a recuperar do jogo do dia anterior, os nossos juniores defrontaram mais uma equipa de seniores, desta vez o Bairro Janeiro, equipa da Amadora.

Se colocar juniores a competir contra seniores é questionável, obrigá-los a disputar jogos em dias consecutivos e por si só revelador da preocupação que existe com a formação das equipas regionais…
Para este jogo com o Bairro Janeiro os juniores já puderam contar com o regresso do Zeca Pessoa e ainda com a “ajuda” de mais 4 juvenis: o guarda-redes nº 24 Paulo Isidoro, o nº 3 Pedro Rolim, o nº 21 Diogo Gaspar e o nº 22 Rodrigo Rosa. A presença de juvenis numa competição de seniores envolve um risco acrescido e deve ser devidamente ponderada. Na minha opinião, tendo a equipa de juvenis dois excelentes guarda-redes – o Tiago Cipriano e o Paulo Isidoro -, um deles devia integrar definitivamente a equipa de juniores, até porque os guarda-redes estão mais resguardados do contacto físico.
Tal como havia acontecido no dia anterior, o CD Mafra entrou a vencer na partida (chegou aos 3-1) e conseguiu manter o jogo equilibrado até meados da 1ª parte (6-6). Sem surpresas, a partir daí a equipa do Bairro Janeiro “controlou” o jogo e foi alargando a vantagem que ao intervalo era de 6 golos (11-17).
A equipa do Bairro Janeiro revelou-se muito bem organizada defensivamente, com um bom lote de jogadores fortes, experientes e tecnicamente bons. Apesar disso, os nossos jovens jogadores nunca se intimidaram perante a supremacia do adversário e bateram-se sempre com grande brilhantismo.
Na 2ª parte, ciente de que a vitória não lhe escaparia, o Bairro Janeiro limitou-se a gerir a vantagem fazendo rodar toda a equipa (apresentou-se em Mafra com os 14 jogadores permitidos). A partida ficou então equilibrada pelo que a meio da 2ª parte mantinha-se a vantagem dos 6 golos que o Bairro Janeiro trazia da 1ª parte.
Foi então que o treinador João Augusto arriscou tudo, apostando numa estratégia de marcação individual que haveria de manter até ao final da partida. O ritmo de jogo aumentou de forma alucinante e durante esses 13 minutos marcaram-se 23 golos mas, o saldo foi desfavorável ao CD Mafra que acabou por perder por uma diferença de 9 golos (29-38) já que o Bairro Janeiro soube superar bem essa estratégia. O insucesso dessa estratégia deveu-se obviamente ao mérito do adversário mas, também devido ao facto dos jogadores do CDM acusaram o desgaste físico do dia anterior e, por outro lado, com um misto de juvenis e juniores não existiu o entrosamento necessário para contrariar um adversário experiente e bem rodado.
Nota de destaque para a presença na equipa do Bairro Janeiro do ex-árbitro Jaime Seita (nº 4), um grande apaixonado da modalidade com quase 40 anos de idade e que continua a exibir a sua enorme classe. No passado recente o Jaime Seita arbitrou vários jogos dos atletas do CDM que agora tiveram oportunidade de o defrontar. A equipa do Bairro de Janeiro vale sobretudo como um todo, particularmente a defender, onde se destacam o nº 8 Miguel Lopes e o nº 10 Filipe Lopes. Merecem ainda destaque os guarda-redes, sobretudo o nº 16 Cláudio Matos (uma 2ª parte brilhante!) e o ponta nº 19 Pedro Reis, jogador rápido, ágil e tecnicamente muito bom, que acabou por fazer 10 golos e foi o Melhor Marcador do jogo.
Do lado do CD Mafra, o Miguel Gomes, o André Carioca e o João Fiúza estiveram uma vez mais em grande evidência mas, merece também uma particular nota de destaque o capitão Pedro Mota que, pese embora algumas falhas defensivas, esteve fantástico no ataque e no empenho, tendo realizado o seu melhor jogo desta época. Nota de incentivo para o veterano Manuel Girão, a subir de rendimento e que fez dois belos golos. Como reconhecimento à sua coragem em regressar ao andebol foi designado Melhor em Campo, a par do Pedro Mota. Os juvenis não conseguiram desinibir-se – o que se compreende pois todos eles eram estreantes em jogos com seniores – e apenas o Diogo Gaspar (4 golos) esteve no bom nível habitual.
A dupla de arbitragem – Joaquim Mateus e José Francisco – esteve muito bem, fazendo-se valer da larga experiência, tendo controlado a partida com apenas 4 cartões amarelos e nenhuma exclusão de 2 minutos, num jogo em que as assimetrias físicas entre ambas as equipas eram evidentes. Foi um jogo bonito, bem disputado, com fair-play e que teve um vencedor justo. 
 
Publicado por Antonio Fonseca às 22:00

VISITANTES:


desde 30.09.07

NOTICIAS

FOTO DA SEMANA

EQUIPAS

TREINOS

VIDEOS

OPINIÃO

EDITOR

APOIOS

PAVILHÃO

Boa Tarde, venho informar de que o Campeonato Naci...
TREINOS (Nova Época):SENIORES: TER (20H-21H); QUI ...
Boas, alguem sabe se já estão a decorrer os trein...
Os jogos de apresentação dos escaloes do CD Mafra,...
JUNIORES E SENIORES - 2a feira, dia 1 de setembro,...
Mensagem importante : Informamos todos os atletas ...
não vai acabar? tens a certeza? só um conselho que...
Eu nao sei de nada , o que e que vai acabar?voce e...
o clube degradou-se, já não é o que era. é um club...
Rogersoares é o que se diz pela vila....