Quinta-feira, 15 de Abril de 2010

J25 [F] UJ ALVERCA

 Última actualização: 25.04.2010 

Com o 6º lugar assegurado, o CD Mafra deslocou-se a Alverca em Dia da Liberdade, para disputar o jogo em atraso desde a antepenúltima jornada. Devido a lesões e outras indisponibilidades, o UJ Alverca tem vindo a realizar alguns jogos com apenas 6 jogadores mas, felizmente conseguiu reunir jogadores suficientes para formar uma equipa completa, ou seja, apresentou-se com exactamente 7 jogadores.

Do lado do CD Mafra, registaram-se também algumas baixas de jogadores influentes. Ao Ricardo Carmezim que ficou afastado dos jogos deste fim-de-semana por motivo de doença, juntou-se o Miguel Gomes que se lesionou numa mão no jogo do dia anterior com o NAAL Passos Manuel, sendo forçado a ficar de fora pela 1ª vez esta época. O aguardado regresso do juvenil Diogo Gaspar também não se concretizou e o Bruno Mateus falhou um jogo pela primeira vez desde que está inscrito. Do lado dos regressos, regista-se a presença do Pedro Alexandre e do guarda-redes juvenil Tiago Cipriano.

Desta vez, o cenário da partida não foi o “velhinho” Pavilhão Municipal mas sim o belíssimo Pavilhão do Complexo Desportivo do FC Alverca. Do lado de fora, no Estádio desse complexo, decorria o derby futebolístico entre o FC Alverca e o Vilafranquense. Antes da partida de andebol, espreitei o jogo de futebol e informei-me com um adepto local. Fiquei a saber que apesar de muito disputado nos anos 70, este derby já não se realizava desde meados dos anos 80. Ambas as equipas estão este ano na luta pela subida de divisão, com a equipa de Vila Franca de Xira melhor posicionada que a de Alverca. O FC Alverca, ex-equipa do Mantorras e do Luís Filipe Vieira, que ainda há meia dúzia de anos (época 2003-2004) disputava a Super-Liga, está agora a disputar o Campeonato Distrital! Apesar do futebol praticado ser de fraca qualidade (o jogo terminaria com um empate a zero) cerca de um milhar de adeptos gritavam, apoiavam e vibravam com o derby. Em contraste, dentro do pavilhão, apenas eu e mais duas adeptas (certamente por paixão a um jogador e não ao jogo em si) assistíamos a uma partida de andebol de incomparavelmente melhor qualidade!... Só mais tarde chegaram os Juvenis do UJ Alverca para apoiarem os Seniores – que curiosamente começaram a melhor a partir desse momento – e o pavilhão ganhou então mais alegria. 

Contrariamente ao habitual, desta vez foi o CD Mafra que entrou muito forte, conseguindo amealhar uma confortável vantagem, que chegou a ser de 7 golos (1-8 por volta dos 15 minutos) mas, que se fixaria nos 4 a 5 golos. Ao intervalo o CD Mafra vencia por 12-7 e na 2ª parte o jogo manteve-se equilibrado com a nossa equipa a conseguir segurar essa vantagem durante a primeira metade da 2ª parte (15-19 aos 15 minutos).

Com os jogadores mais velhos visivelmente agastados em termos físicos e com algumas alterações tácticas na minha opinião desnecessárias, a equipa perdeu a capacidade de recuperar para a defesa, faltando também algum discernimento ofensivo. Em pouco mais de 5 minutos em jogadas de contra-ataque o UJ Alverca igualou a partida e apesar de se terem batido com grande empenho, o certo é que nossos jogadores deixaram-se abater psicologicamente e nos minutos finais nada lhes correu bem, marcando apenas um golo nos últimos 15 minutos. Sem soluções para mudar o rumo das coisas, o técnico João Augusto assistiu em silêncio à derrota do CD Mafra, num jogo em que a vitória parecia estar assegurada.

Tanto em termos colectivos como individuais o CD Mafra esteve em muito bom nível e o desacerto na fase final da partida – consequência do desgaste físico e até mental, pela soberba recuperação do adversário – não apaga a boa exibição ao longo de toda a partida, sobretudo da irrepreensível 1ª parte!

Boas exibições dos guarda-redes – o João Fiúza defendeu dois livres de 7 metros –, do Pedro Alexandre, do André Carioca, do Nuno Aniceto, do Rodrigo Bento e do capitão Pedro Mota que fez uma exibição de grande classe, premiada com 7 golos (o seu melhor “score” esta época), sendo por isso nomeado Melhor em Campo. O regressado João Carvalho embora ainda a precisar de ganhar ritmo, fez um bom golo, apesar de ter tido menos tempo de jogo. Boa partida também do Manuel Girão (que continua a jogar com limitações devido a uma lesão na mão) que marcou um fantástico golo em remate de anca. Este foi, provavelmente, o jogo de despedida do Manuel Girão já que, por motivos profissionais será difícil participar nas competições que se seguem, nomeadamente no Torneio de Encerramento e na Taça de Lisboa. Ao Manuel Girão deixo uma palavra de agradecimento pela sua disponibilidade em regressar ao andebol e pelo elevado empenho que demonstrou em todos os jogos. O Andebol do CD Mafra precisa de pessoas como o Manuel Girão e o seu contributo para o andebol, fora do campo, será uma importante mais-valia a ter em conta.

Do lado do UJ Alverca, faltam-me as palavras para definir a garra e a motivação que esta equipa demonstrou após o intervalo, na fantástica recuperação de um resultado negativo, acabando por justificar a vitória. A equipa é muito homogénea, mas merecem destaque as fantásticas defesas do guarda-redes treinador nº 16 Bruno Pinto e os golos decisivos do nº 11 André Martins (7 golos) e do nº 15 Sandro Antunes (7 golos), este último sendo um jogador muito bom, revela todavia, algumas fragilidades a defender.

Nota final para a dupla de árbitros que, apesar da serenidade que lhes é habitual, desta vez esteve tecnicamente menos bem, cometendo alguns erros grosseiros e com entendimentos diferentes em um ou outro lance, o que motivou excessivos protestos por parte dos jogadores. Sem querer tirar qualquer mérito à vitória do UJ Alverca ou justificar com isso a derrota do CD Mafra, o certo o UJ Alverca beneficiou dessas más decisões em 4 golos - em dois deles houve violação de área e nos outros dois houve mais de 3 passos. Não posso também deixar de referir que, apesar de diversas vezes os jogadores da casa defenderem dentro da área de baliza, o CD Mafra não beneficiou de nenhum livre de 7 metros durante toda a partida!

 

 

.
JOGOS ANTERIORES
     
Publicado por Antonio Fonseca às 08:00
| COMENTAR
2 comentários:
De U J A a 2 de Maio de 2010 às 19:18
Ehpa voces do Mafra sao mesmo mt fracos,falam falam falam mas nao os vejo a jogar nada,coitados,graças a deus nao sou do mafra...podem vir 1000vezes a Alverca q perdem 1000vezes! Dou razao a alguem q dizia q voces sem o carmezim nao sao ninguem
De Antonio Fonseca a 2 de Maio de 2010 às 20:00
Graças a Deus que não és do Mafra! Pelo menos neste ponto estamos ambos satisfeitos ;-)

Comentar post

VISITANTES:


desde 30.09.07

NOTICIAS

FOTO DA SEMANA

EQUIPAS

TREINOS

VIDEOS

OPINIÃO

EDITOR

APOIOS

PAVILHÃO

Boa Tarde, venho informar de que o Campeonato Naci...
TREINOS (Nova Época):SENIORES: TER (20H-21H); QUI ...
Boas, alguem sabe se já estão a decorrer os trein...
Os jogos de apresentação dos escaloes do CD Mafra,...
JUNIORES E SENIORES - 2a feira, dia 1 de setembro,...
Mensagem importante : Informamos todos os atletas ...
não vai acabar? tens a certeza? só um conselho que...
Eu nao sei de nada , o que e que vai acabar?voce e...
o clube degradou-se, já não é o que era. é um club...
Rogersoares é o que se diz pela vila....